Nos últimos 18 meses, setor deixou de ser 10º lugar para 6º em vendas online

O consumo de produtos do setor de moda cresceu 50% no e-commerce em 18 meses. Os dados são de uma pesquisa realizada e.Bricks Digital, em parceria com a M.Sense, com 1.700 pessoas, entre 18 e 55 anos, das cinco regiões do país. Dentre os entrevistados, 34% têm entre 25 e 34 anos, 49% são da região Sudeste e 47% pertencem às classes B2/C1.

Segundo a pesquisa, colabora para o crescimento deste mercado o aumento de 25% para 40% no percentual de jovens que consomem roupas e acessórios pela internet. Dentre os entrevistados, 80% das mulheres e 83% dos homens já fizeram alguma compra online. Em específico na categoria de moda, 35% das mulheres entrevistadas já compraram roupas e 38% já compraram sapatos, bolsas e acessórios pela internet, um aumento de 50% com relação aos resultados da pesquisa de 2011.

“Os consumidores tinham uma barreira na hora de comprar roupas pela internet, especialmente por não poder provar a peça antes da compra. Contudo, esse receio foi vencido com o tempo. Hoje, comprar roupas e acessórios pela web já faz parte dos hábitos desses consumidores”, afirma Pedro Eugenio, CEO do Busca Descontos portal que reúne cupons de descontos grátis dos principais varejistas brasileiros.

Em 2011, a categoria de moda ocupava o 10º lugar no ranking do e-commerce. Em 2013, subiu para o 6º lugar. Na comparação de quem gasta mais, os homens ficaram a frente das mulheres. O ticket médio deles foi de R$ 163, o delas R$ 148.

fonte: www.ecommercebrasil.com.br

Leave a Reply